Rafaella Justus aparece em primeiras fotos após operação

29/05/2012Você está em: >>   Rafaella Justus aparece em primeiras fotos após operação

A mãe de Rafaella Justus, Ticiane Pinheiro, postou as primeiras fotos da filha depois da operação que ela fez no rosto. As imagens foram compartilhadas através do Instagram, mas mostram a menina somente de costas. Rafaella teve que passar por uma cirurgia para correção de uma alteração óssea no crânio.

Rafaella Justus

Ticiane, que sempre negou que a menina tivesse algum tipo de deformidade, escreveu na legenda de uma das fotos: “Dia precioso! Não existe momento melhor na vida do que estar perto dos nossos filhos!!! AMO!!!”.

A alteração óssea de Rafaella somente foi assumida pelo pai, Roberto Justus, no mesmo momento em que a criança passou pelo procedimento. Na época, o empresário disse o seguinte: “Minha filha teve uma coisa que se chama estenosa crânio-facial, uma alteração óssea corrigida recentemente uma cirurgia e com o uso de aparelho ortodôntico”.

As imagens publicadas no Instagram foram tiradas durante o fim de semana, já que a família de Roberto Justus decidiu passar o sábado e o domingo junto com alguns amigos fora da agitação da cidade de São Paulo. Nas fotos, a família aparece brincando com Rafaella e curtindo os passeios existentes no local. Mesmo assim, em todas as imagens publicadas, o rosto de Rafaella não aparece.

Segundo Ticiane já disse em entrevistas, Rafaella tem bastante personalidade. Ela já faz aulas de inglês e, a partir de agosto, a menina começará a frequentar uma escola americana. Além disso, Ticiane conta que fica disponível para a filha 24 horas por dia. Quando ela vai sair com as amigas, diz que somente pode entre às 14h e as 16h, momento em que Rafaella está dormindo. Mesmo assim, a mamãe revela que não faz tudo o que a filha quer. “Minha preocupação maior é educá-la. É uma tarefa difícil dizer não, dá vontadede dar o mundo para a criança e não pode. É lindo e ao mesmo tempo é uma responsabilidade enorme, é um amor incondicional e um não querer que nada de ruim aconteça”, resume.