Angelina Jolie retirou os seios para prevenir o câncer e causa polêmica

15/05/2013Você está em: >>   Angelina Jolie retirou os seios para prevenir o câncer e causa polêmica

A fim de reduzir as chances de desenvolver de 87% para 5% as chances de ter câncer de mama, a atriz Angelina Jolie retirou as duas mamas em uma cirurgia. Ela é considerada um símbolo sexual e de beleza, sendo referência para mulheres em todo o mundo.

Angelina Jolie perdeu os seios

Ela tem 37 anos e não teve dúvidas na hora de retirar os seios para cuidar da saúde. Jolie optou por fazer as cirurgias discretamente e só falou publicamente sobre o assunto nesta semana. A informação foi divulgada no jornal new York Times, por meio de texto escrito pela própria atriz.

Angelina afirmou que essa foi uma decisão difícil, mas que não se sentiu diminuída em sua feminilidade após a operação. Para ela é mais importante poder dizer aos filhos que eles não precisam ter medo que ela morra de câncer.

A mãe da atriz morreu aos 56 anos por causa da doença. Angelina tem o mesmo gene da mãe que dá a ela predisposição para a doença nos seios e no ovário. Para a médica Judy Garder, no Instituto do Câncer Dana Farber, Angelina agiu da melhor forma para evitar o câncer.

O caso repercutiu e os médicos passaram a se pronunciar sobre o assunto. Muitos informaram que retirar os seios não é o melhor caminho para a maioria das pacientes. A doutora Deana Attai lembrou que Jolie vivia em uma situação especial, com grande propensão à doença.

O teste genético é indicado para pessoas que tem histórico familiar de câncer. O valor do exame é R$ 6 mil. Representando o Instituto Brasileiro de Controle do Câncer, o médico João Carlos Góes informou que para a maioria das pacientes um tratamento com hormônios é o mais recomendado. A cirurgia é feita em casos especiais, como o de Jolie. Outras pacientes podem tomar remédios por anos e também reduzir bastante às chances de ter a doença.